Como evitar o efeito emborrachamento? Entenda tudo sobre o cabelo elástico!

13

Químicas, descolorações e outras agressões podem ter um efeito bem caro sobre os fios: o emborrachamento. A situação é relativamente conhecida: você puxa o cabelo, ele fica franzido e não consegue voltar ao normal. Apenas de passar o pente, ele começa a quebrar – e o procedimento feito para trazer mais beleza se torna um verdadeiro pesadelo.

A boa notícia, no entanto, é que dependendo do grau do “estrago” existe como salvar o fio. E também você não precisa chegar nesse estado. Afinal, é possível passar por procedimentos químicos com segurança e sem ficar com o cabelo elástico.

Quer entender melhor? Continue a leitura!

Será que o cabelo está elástico ou apenas ressecado?

Antes de mais nada é preciso ter certeza que o seu cabelo está elástico e não apenas ressecado, condições bem diferentes e também com tratamentos distintos.

Os fios ressecados tendem a ficar mais ásperos, rígidos e sofrem mais com o embaraçamento. Já os cabelos elásticos sofreram algum tipo de agressão química e por isso estão profundamente danificados. Eles se tornam extremamente frágeis, quebradiços e com um ressecamento muito mais proeminente.

É mais fácil identificar um cabelo emborrachado quando ele está molhado. Nesse momento, você poderá notar que o fio perdeu sua elasticidade natural. Assim, ao esticar o cabelo molhado, ele ficará engrenhado ou até se partirá, sendo incapaz de retornar ao estado normal, como acontece com o fio saudável.

Quais as principais causas do emborrachamento?

A coloração costuma ser a causa principal do cabelo emborrachado, mas não é a única. Existem muitas químicas que agem diretamente na estrutura do fio e colocam em risco a sua saúde.

Em geral, os cabelos elásticos passaram por um procedimento muito agressivo que levou à perda significativa de queratina, proteína e pigmento.

A descoloração é um dos procedimentos que, quando feito de forma incorreta, pode levar ao emborrachamento, porque é extremamente agressiva. Por isso, é indispensável buscar por um profissional especializado e sempre realizar o teste de mecha antes.

Lembre-se que cabelo quimicamente tratado (como com escova progressiva) pode acabar não resistindo a outra química forte, por exemplo a descoloração. Então sempre informe o cabeleireiro sobre os tratamentos que você realiza.

Além disso, muitas químicas são incompatíveis – e a mistura pode causar resultados desastrosos. Alguns produtos para relaxar os fios, por exemplo, são incompatíveis entre si e nunca podem ser usados juntos. Quem pinta os cabelos com tintura permanente também precisa ficar atenta em relação à progressiva.

Como evitar o efeito emborrachamento?

Para não sofrer com essa situação, existem algumas medidas muito importantes que precisam ser seguidas, como:

  • não misturar químicas;
  • tratar muito bem os fios antes de realizar procedimentos mais agressivos como as descolorações;
  • sempre procurar por um profissional especializado;
  • realizar o teste de mecha para ter certeza de que o cabelo “aguentará” o procedimento;
  • tentar não realizar mais do que duas químicas no cabelo e sempre informar o cabeleireiro sobre os procedimentos que realiza e os produtos usados;
  • realizar hidratações, nutrições e reconstruções periodicamente;
  • usar produtos de qualidade, especialmente os descolorantes;
  • respeitar o tempo entre os procedimentos. Em geral, o intervalo mínimo entre uma química e outra é de 20 dias.

É possível recuperar o cabelo elástico?

Se o cabelo já está elástico, existem algumas medidas que podem ajudá-lo a se recuperar. O principal é reconstruir o fio, devolvendo proteínas, lipídeos, queratina e outros que foram perdidos devido às químicas agressivas.

Comece investindo em uma boa máscara de reconstrução que consiga devolver à massa capilar. Use produtos à base de queratina e aminoácidos, que vão deixar seus cabelos mais encorpados e rígidos.

No salão, você poderá investir em tratamentos específicos como cauterização e reposição de queratina. Esses tratamentos podem ser feitos a cada 15 dias.

Depois de reconstruir, busque repor os óleos perdidos. A nutrição é uma etapa importantíssima porque ajudará a criar uma película protetora no fio e a fechar as escamas, fazendo com que a massa reposta permaneça dentro do fio.

Então, procure usar produtos com mais óleos e manteigas, como óleo de coco, de argan, manteiga de karité, manteiga de coco etc.

No dia a dia, use também bastante itens hidratantes, que vão devolver à água ao cabelo, tornando-o mais macio, brilhante e com movimento. Intercale os tratamentos no salão com os cuidados em casa e, pelo menos duas vezes na semana, use máscaras mais potentes.

Outras dicas essenciais são:

  • aposente o uso do secador e da chapinha enquanto recupera seu cabelo elástico;
  • dê tempo nas químicas e espere, no mínimo, 3 meses para os seus fios se recuperarem de vez;
  • use um pente de madeira com dentes largos e escove os fios suavemente;
  • invista em bons cremes de pentear para evitar a quebra;
  • sempre use protetor térmico e solar.

Dica bônus: Complexo Antiemborrachamento

Para evitar o efeito emborrachamento, é importantíssimo contar com os conhecimentos de um bom profissional e ótimos produtos, principalmente depois das químicas.

O Complexo Antiemborrachamento da Yamá pode ser aplicado tanto antes como depois das descolorações e possui uma fórmula exclusiva com substâncias naturais compostas por derivados de trigo e silicone.

Juntas elas possuem um alto poder condicionante, devolvendo o brilho e a maciez aos fios, além de ajudar a torná-los mais fortes, protegidos e resistentes.

O produto é capaz de:

  • reparar danos e oferecer proteção aos fios graças à sua ação antiemborrachamento;
  • garantir proteção, brilho e maciez devido ao seu alto poder condicionante;
  • melhorar a saúde capilar dos fios extremamente danificados ou pós-quimicamente tratados.

Como você viu, o efeito emborrachamento, infelizmente, pode acontecer em várias situações. Para evitá-lo, é indispensável ter cuidado ao realizar as químicas e sempre tratar muito bem os fios, com produtos de qualidade e específicos para essa situação.

Você gostou dessas dicas? Quer conhecer mais sobre o Complexo Antiemborrachamento da Yamá? Acesse o nosso site e descubra como esse produto pode ajudar a devolver a saúde e a beleza às suas madeixas!


Fonte: Yama

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Visagismo Brasil.

Comentários