Coloração x Tonalizante – Yamá Cosméticos

218

Entenda as diferenças e encontre o ideal para você!

Na hora de mudar os tons do cabelo e conquistar um visual diferente, muitas mulheres têm dúvidas entre a coloração e o tonalizante. Afinal, será que existem diferenças na sua formulação? Qual agride menos o cabelo? Existe uma duração máxima do produto no fio?

Se você compartilha desses dilemas, não precisa se preocupar. Montamos este conteúdo completo que vai lhe ajudar a entender as diferenças básicas e escolher o melhor produto para as suas necessidades. Confira!

Tonalizante

Os tonalizantes são produtos mais amenos porque não contam na sua formulação com amônia. Porém, de maneira geral, eles conseguem escurecer ou clarear apenas 1 tom da cor natural do seu cabelo.

É possível encontrá-los em várias apresentações como creme, gel e shampoo. Outro ponto importante a se atentar é quanto a duração da cor, já que o tonalizante vai “saindo” do fio com as lavagens. Os produtos em creme são os que possuem uma duração um pouco maior, em média 28 lavagens.

Como esses produtos também podem ajudar a hidratar os fios, muitas mulheres usam os tonalizantes em banhos de brilho.

Sua ação é mais superficial. Ou seja, eles não alteram a estrutura capilar, apenas depositam a cor ao redor dos fios, de modo a formar uma película na superfície do cabelo. É por isso que a duração é menor – e exige uma quantidade de retoques mais frequente.

Coloração permanente

Já as colorações são fórmulas que contam com amônia e, por isso, elas têm uma duração maior. Quem deseja fazer uma alteração mais radical na cor do cabelo, deve investir nas colorações porque elas são capazes de clarear ou escurecer até 3 tons da cor natural, além de cobrir 100% dos fios brancos.

A ação da tintura é um pouco diferente do tonalizante. Para que a nova cor se fixe aos fios, o produto retira o pigmento natural do cabelo e fixa a nova nuance dentro da fibra capilar.

É por isso que a cor não sai com a lavagem e dura mais. Em geral, os retoques são indicados a cada 3 meses – e só na raiz. Agora, se você precisa clarear mais do que 3 tons, uma dica é investir na decapagem, para os cabelos tingidos, ou na descoloração, para os cabelos virgens.

Coloração x Tonalizante: qual escolher?

Tudo depende dos seus objetivos com a aplicação do produto. Veja mais detalhes.

Tonalizante

Quem deseja uma mudança leve e discreta, sem alterar muito a cor do cabelo e também sem agredir demais os fios, pode investir nos tonalizantes. Essa também é uma boa opção para as mulheres que estão lidando com os primeiros fios brancos ou ainda para quem tem outro tipo de química no cabelo como alisamentos e escova progressiva.

A grande vantagem desse produto é que ele não resseca tanto o cabelo como a coloração normal e ainda ajuda a dar mais brilho aos fios. Porém, isso não significa que após a aplicação você poderá descuidar. Evite usar shampoos anti-resíduos e aplique produtos próprios para cabelos coloridos.

Coloração

A coloração, por sua vez, é a escolha ideal para quem quer fazer uma mudança mais radical ou possui muitos fios brancos para cobrir. Porém, atenção, porque nem todas as tintas são indicadas para quem tem química no cabelo, como escovas progressivas, relaxamento, alisamento, etc.

Além disso, depois do procedimento, será preciso redobrar os cuidados com os fios, que tendem a ficar mais ressecados e quebradiços. A dica é fazer uma boa reconstrução após o processo e investir no cronograma capilar, para conciliar beleza e saúde.

Depois de ler este conteúdo ficou mais fácil entender as diferenças entre coloração e tonalizante? Já sabe qual o ideal para você? Compartilhe essas dicas com as suas amigas e ajude-as a deixarem seus fios bonitos e saudáveis!


Fonte: Yama

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Visagismo Brasil.

Comentários